Nesse segundo post sobre Meu armário com Estilo Jay, vamos falar sobre a organização das roupas no armário.



Como vocês podem ver pelas fotos, organização não é meu forte e a Ju quase caiu para trás quando viu o tanto de roupas que eu tinha com etiqueta e váaaaarias que não usava mais.

Pedi que ela nos escrevesse algumas dicas para ajudar vocês aí em casa também.

Não preciso nem falar que rola todo um apego com as blusas desbotadas e velhas para xuxu e que algumas calças a gente guarda na esperança de voltar um dia a vestir 38…pois bem, é um momento emocional…então separe também o seu lencinho, pois algumas lágrimas vão rolar!




Com a palavra, Juliana Soares:


A segunda etapa do trabalho de consultoria é a análise e organização do guarda-roupa.


É preciso fazer um levantamento de todas as peças da cliente e ensiná-la alguns truques de como organizar o guarda-roupa da melhor maneira possível.


Gaveta de T-shirts só de personagens. Pode Arnaldo?

É nessa fase que a consultora enumera a quantidade de peças e verifica se haverá necessidade da cliente ir às compras em busca de peças-chave. E dependendo da quantidade de peças, é necessário fazer mais de uma visita à casa da cliente.

Otimizando os espaços dentro do armário



Lembrando que tudo varia de acordo com as necessidades de cada pessoa. Por isso a consultoria é um trabalho totalmente flexível e personalizado.


Além disso, o questionário respondido pela cliente na primeira etapa deve ser levado em consideração neste momento. A idéia é fazer com que a cliente assuma seu próprio estilo da melhor maneira possível, de acordo com a sua vida profissional e pessoal e com seus objetivos pessoais.

Vejam a seguir algumas dicas importante pra começar a organizar seu guarda-roupa:

O primeiro passo é separar as peças por grupos: calças, saias, blusas, vestidos; e/ ou ocasiões: trabalho, lazer, eventos etc.
Exclua as peças que vc não usa mais – doe para alguma instituição, por exemplo.
É importante usar cabides adequados para cada tipo de peça.
A organização e a disposição das roupas e acessórios no seu armário deve estar de acordo com sua rotina e com seu estilo de vida.
Quanto mais bagunçado estiver seu guarda-roupa mais tempo vc gastará montando seus looks diários e sempre terá a impressão de que falta alguma peça.
Se vc possui peças ainda com etiqueta (ou seja, nunca foram usadas), não adquira novas peças.
Calçados e bolsas devem ser guardados em saquinhos de TNT.
Se vc não consegue se desfazer de peças que vc não usa, mas que possuem valor sentimental, separe uma caixa e monte seu “Baú dos Sentimentos”. Dessa maneira vc irá isolar essas peças das demais, fazendo com que elas não atrapalhem mais a visualização das suas roupas de uso diário.

Juliana Soares

Querem ver como ficou meu armário? Aguardem o próximo post!