#tietemodeon AI O LUIS FERNANDO VERRÍSSIMO É MUITO FOFINHO! #tietemodeoff

Coloquei assim em letras garrafais, pois quando ele entrou no palco todo mundo da platéia fez um “oum que fofo” em conjunto e se você já o viu pessoalmente sabe que dá uma vontade louca de abraçá-lo.

Engraçado, uma vez que ele é todo avesso às badalações, super tímido e incrivelmente modesto. Dava para perceber o desconforto que ele sentia de estar ali falando sobre sua vida (o motivo da conversa é o livro Conversa sobre o tempo, no qual eles discutem várias passagens de suas vidas, permeadas pela amizade dos dois).

Já o Zuenir ganhou meu coraçãozinho, ele é todo soltinho! Rodava na cadeira, fazia piadinhas, era só sorrisos e meias coloridas. (Várias histórias sobre suas meias, seus congas e coletes) Aí, será que ele não quer ser meu avô adotivo? (Os dois faziam parte do movimento MSN – movimento dos sem netos – mas agora já são felizes proprietários de netinhas cute cute)

Foi lindo gente. Quem foi ganhou o presente de assistir esse bate papo gostoso entre amigos tão especiais e únicos. Posso dizer sem medo que foi uma das mais lindas conversas que assisti nos últimos anos.

Eles iniciaram comentando sobre a longa amizade (mais de 20 anos! e na mesma hora eu mandei uma mensagem para Kamylla, dizendo que ela deveria estar ali comigo assistindo aquilo! Que apesar de ser uma amizade de 2 meses – mentira, tem mais, mas eu nunca lembro ao certo quanto tempo e sempre irrito a Kamylla falando: Nossa, eu já te conhecia? É uma amizade também pra lá de especial) e depois fizeram piadinhas de sexo (segundo o Zuenir, quando o assunto é sexo tem que se apelar para memória! Até lembrar do Viagra amazônico da velhinha que dizia de “bôa” que ele iria dar 3 sem tirar e ainda bater uma punhetinha!), chegando até a falar sobre a própria morte.

“Morte? Sou contra” Veríssimo disse sendo ovacionado de pé. Ah,Veríssimo, você é rei!

Fiquei feliz e saltitante quando Arthur Dapieve (que também é o máximo) leu minha pergunta sobre o ato e escrever. Em certo momento da discussão, eles disseram que nunca fizeram análise e aquilo me intrigou. Então resolvi perguntar se escrever ajuda a aliviar a dor e se eles já haviam criado um personagem que trabalhasse seus problemas no papel. Veríssimo disse que não, apesar de sempre escrever em primeira pessoa (olha a análise aí, minha gentchi!) e o Zuenir disse que talvez o processo da escrita ajudasse sim.

Fiquei com isso na cabeça, pois o Zuenir disse que não releu o livro que escreveram juntos, até porque ele acredita que acabou se expondo demais. Quando foi tentar editar, o livro já estava impresso!

Não vejo a hora de ter esse livro ao lado da minha cama, afinal, como eles disseram a relação com o livro é uma coisa toda muito sensual, e eu ia adorar levá-los para o meu quarto. RS

#tietemodeon Meninos, amo vocês! Obrigada por serem pessoas tão fofas que dividem com a gente esses pensamentos maravilhosos #tietemodeoff

Gostaria de aproveitar para parabenizar o pessoal da Realejo pela iniciativa. Precisamos de mais movimentos assim aqui em Santos. A TARRAFA é um orgulho para cidade!


E hoje tem Angeli! Contem comigo! 




UPDATED: Olha o momento tietagem total galeura! Para as professoras de português é tipo tirar foto com o popstar favorito! Sério…eu até tremi


Zeunir euzinha e Veríssimo. Mta emoção!