As marcas cariocas estão invadindo nossa praia.

Ainda bem! Com uma proposta que tem tudo a ver com Santos, essas marcas trazem estilo e novidades para nossa querida terrinha.

“Basta o jeitinho dela andar
Nem ninguém tem carinho assim para dar
Eu vejo na luz dos seus olhos
As noites do Rio ao luar”

Algumas marcas já eram bem conhecidas nossas como a queridinha de todos: Osklen que foi pioneira e abriu caminho para o jeitinho carioca tomar conta das passarelas, dos nossos armários e do mundo. Hoje reconhecida internacionalmente pela qualidade e por transmitir esse lifestyle que só o carioca tem, a Osklen já está presente em diversos países como Estados Unidos, Italia e Japão.

A FARM, começou de mansinho em São Paulo em 2006, com sua primeira loja própria, no shopping Iguatemi e hoje é uma grande campeã de vendas com lojas em diversos estados inclusive uma nova em Floripa.

A LEELOO estreou no Rio em 99, já conta com 12 lojas próprias e conquistou as paulistanas assim que desembarcou por aqui.
Mas algumas outras também vêm ganhando nossos corações diariamente, como é o caso da ECLECTIC. Sou super suspeita para falar da ECLECTIC, pois foi amor a primeira vista, me identifiquei com a proposta da marca e na minha primeira compra sai com 15 camisetas lindas! Nem preciso falar que agora no meu armário já tem vestidos, calças jeans e tudo mais que a marca oferece de bom.
Porém, até pouco tempo não era fácil encontrar essas marcas em Santos, ou o pessoal comprava na fonte (no Rio mesmo, que vale mais super a pena no caso da FARM que as peças vendidas em outros estados têm 15% a mais no valor final) ou senão comprava em shoppings em São Paulo.

Mas agora quem passa pela Azevedo Sodré com certeza repara na ClubRio, uma loja toda inspirada nessa vibe descontraída carioca.
Conversando com o Aurélio, dono da ClubRio e que teve essa ideia maravilhosa de reunir todas essas marcas num só lugar, entendemos melhor o que é esse conceito de moda carioca.

DONAANACOSTA: – Como surgiu a ideia de fazer uma loja com marcas cariocas?

AURÉLIO: – A ideia surgiu por eu ter um contato muito bom com os donos de algumas marcas cariocas, por intermédio de meu primo. Um estudo de mercado foi feito, então, e foram identificadas duas claras oportunidades: que as marcas do rio ditam grande parte da moda no país e que em Santos não existia um lugar que refletisse a moda rio de uma forma diferente, especial. Pronto! Eis que nasceu a Club Rio.

DAC: – A decoração da loja passa uma ideia meio surf, é essa a principal proposta das marcas do Rio que estão vindo para cá?

A: – Não é a ideia surf, não, mas lifestyle do carioca. Em outras palavras, um clima descontraído, receptivo e informal, e uma ambientação que respeita a natureza. A relação com a praia é muito forte, por conta de geografia da cidade do Rio, mas não seria correto afirmar de forma pura que o estilo de vida do carioca está muito ligado a uma cultura surf.

DAC: – Quais marcas você acredita que têm mais afinidade com o público santista?


A: – Todas, categoricamente. O que estraga a cidade de Santos, em minha opinião, é a proximidade com São Paulo. O santista tem tudo para ter o mesmo comportamento de vida que o carioca, mas nos somos mais influenciados pelo paulistano. De uns anos pra cá, com a explosão da moda rio, mudanças podem ser notadas. Osklen, Farm e Reserva são exemplos vivos.

DAC: – Como foi a aceitação do público quando a loja foi inaugurada?

R. Melhor impossível. Na verdade, raríssimas são as lojas em Santos que respeitem um conceito. Quando as pessoas entram na Club Rio sentem realmente que estão em um lugar à parte. Como já dito, tudo, absolutamente tudo dentro da loja tem relação com o lifestyle do carioca, desde a calçada de Ipanema, passando pelo cerveja Devassa servida aos clientes e chegando ao “cheirinho” do ambiente.

DAC: – Você planeja trazer outras marcas do Rio?

A: – No momento, a loja conta com as marcas que gostaria de trabalhar. Teremos muitas novidades para o verão, como a Poko Pano, a Budha Khe Rhi e a Converse (linha premium). Daí você me pergunta: são marcas cariocas??? Daí eu te respondo: o lifestyle do carioca não é reproduzido somente no Rio; existem muitas marcas espalhadas pelo Brasil e pelo mundo que se encaixam neste mundo criado.

DAC:- Alguma marca para as leitoras ficarem de olho?

A: – Claro. Eu aposto em duas: Eu com Elas e Budha Khe Rhi. A primeira pelo corte e caimento das peças; a segunda pela ousadia.

Tá vendo, a moda carioca não precisa ser necessariamente produzida no Rio. A vibe já se espalhou pelo mundo e muitos outros estados estão fazendo esse estilo direitinho. Fikdik do Aurélio sobre essas novas marcas que chegarão com tudo no nosso verão Santista.
Nós estamos contado os dias!